terça-feira, 15 de novembro de 2011

Meu ALGUÉM;

Um alguém se torna 'especial
a partir do momento em que se faz;
presente em cada pequeno e novo dia
diferente em cada breve sorriso
inteiro de coração...

Um alguém se torna ESSENCIAL
quando te faz mas em tudo;
mais alegre, mais vívida, mais aberta
mais você mesma, mais tudo um pouco mais
MAIS FELIZ enfim...

Você faz a diferença;

  
e eu só tenho a agradecer paixão ♥

sábado, 5 de novembro de 2011

UMA RECEITA


''Porque as vezes;

nem o conselho
abraço ou um qualquer
consegue dar jeito
em coisa alguma.

As vezes só o silêncio
a prece; e um longo novo dia
sabem apagar 
o que deve ser apagado.''

choque, chok

''O que eu quero;


o sabor, deleite, certeza
a resposta, sorriso, 'bons ares
a caridade, piedade e todas as bobagens
o mundo, o beijo e tudo mais.''

sábado, 29 de outubro de 2011

Eu que invento moda, paixões e FINAIS.




'
'Não que faltasse verdade
apenas a certeza infinita do instante
em que misteriosamente 
o pra sempre se desfez
diante e perante a mim;
não que não fosse verdade
apenas se foi...

Como as palavras, os amores
e todo o resto.''

AVESSO




''Em cada avesso meu
uma fórmula desregrada
traduzida em meia dúzia
de porquês e 'afins e assins por diante.

As loucuras de mim mesma;

Eu que vi e vivi
os avessos comum de dois,
me perco por lembranças
que me tragam a MIM, por eu mesma...

o que senti
e o que sonhei
em cada avesso meu.''

sexta-feira, 28 de outubro de 2011

cada um com sua sentença!



Dai eu pensei:




''o mundo é grande demais
pra eu amar uma pessoa .''





CHAMO ESSA DE CULPA?

''E que culpa posso ter
se estando viva mereço por mim
o mínimo de amor possível
pensável', inimaginável meu.

Culpa minha se desejo com os olhos
os sonhos, os corpos, as vidas e assim assim'.


Culpa minha de ser
sabendo que sou, assim mesmo 
eu por parte de mim, e amando
desejando e sonhando;
culpa minha.''

C'AMOR

''é o calor
que movimenta os corações;

é o calor de um abraço
um beijo molhado de desejo
mãos que suam e se 'encontram
corpos que conversam;

é o calor 
o calor de passada 'noite


o calor da surpresa, excitante
o calor do susto, e do riso
o calor de gente grande feito criança
é o pulsar do olhos, o desespero das bocas
é o calor da paixão, do tesão

o calor da gente...''

quarta-feira, 12 de outubro de 2011

O QUE PASSOU;



''Seus amigos falam pra vc enterra seu passado 
mas como enterrar algo tão vivo?
porém, temos que seguir em frente 
deixando pra trás o que passou
pois o arrependimento MATA...


Olho para as pessoas ao meu redor 
que não tem nem a metade do que eu tenho
e mesmo assim são tao felizes como aquelas que tem tudo na vida...
então fica essa mensagem para todos; 
nunca desista daquela pessoa
a nao ser por um motivo que separe  
o real do sub-real... 




 O desprezo machuca, mas nao mata!


seja seu próprio medico e cure as feridas...
aquelas que vc carrego na guerra
contra a tristeza, as cure e siga em frente...
 por mais ruim que vc seja 
sempre haverá uma luz no fim do túnel.''






(Por Diego Oliveira) 




quinta-feira, 29 de setembro de 2011

SORRISO


''a natureza de um belo sorriso
é o poema mais divino
que já vi nesse mundo...''

segunda-feira, 26 de setembro de 2011

NÃO QUERO TÍTULOS

''O ruim de escrever quando estou assim
é que tudo sai, de alguma forma mais doído que o real,
não por vontade própria, apenas sai.
e hoje, um dia desses
não sei onde, nem como, nem por quê
mais tudo está menos ou mais
e digo; completamente acentuado, claro.


o frio, está absurdamente gelado
os pés, decididamente grudados ao chão
o cansaço, exageradamente pesado
e a saudade de qualquer coisa, qualquer gente
está infinitamente em mim, de todas as maneiras...''

sábado, 24 de setembro de 2011

LEITOR QUERIDO

'aos leitores'
que se metem a tentar entender
o que diabos se passa com esta;

- SOU MAIOR DE IDADE E TENHO FAMÍLIA
só pro seu governo'
então se supunha, ser como outra qualquer
digo ao pé da letra, logo entenda:

-SOU EU MESMA, DE CORPO, ALMA E ARTÉRIA AORTA

só não tente me entender, 
leitor querido (jeitinho machadiano de ser)
venho tentando isso a vinte anos...

 
ilusória e completamente' em vão...

segunda-feira, 19 de setembro de 2011

MUITO ME INTERESSA;


[...]

tudo o que não te diga respeito!

Dona do destino

BEM'
é estar com o mundo dentro do peito
com sorrisos despreocupados
e ares de qualquer dia, qualquer jeito.

BEM, muito bem'
é o que sinto
quando percebo que não preciso 
nem de você, nem do 'nada seu'
nem de nada que me faça menos eu.


BEM, bem demais
é o que sinto por existir em um mundo
onde o tempo é senhor das respostas
e eu a dona do meu destino!

quarta-feira, 7 de setembro de 2011

'Esta as Omissas, Cretinas e Divinas Pessoas'

...não por nada
mais hoje me poupe das desgraças
me poupe das injúrias
me poupe dos maldizeres
me poupe da enganações;
me poupe da pobreza de sentimentos
me poupe da inveja, da angustia
mau-humor, da mentira, da preguiça
das frustrações, lamentações...
me poupe da fraqueza, do orgulho
da dureza, do fracasso, do rancor
da inutilidade de conceitos


não por nada...

Fonte dos Desejos

'algumas vezes as palavras se fazem pequenas
meio a sentimentos, e lembranças, e prazeres
não que eu tenha, de forma alguma
guardado então a mim, as pequenas vivências
diga-se de passagem, curtas como este
apenas, sei que são
insubstituiveis, vista os momentos vividos...

algumas vezes, as palavras fogem em sobresalto
e denunciam a fonte dos desejos, a espreita de qualquer chance
de voltar no tempo, pra viver mais uma pequena vez
o que já virou lembrança...

não falo de amores, que fique claro
posto que aqui quase museu de saudade
falo pelos dias, pelas pessoas e abraços e saudades
digo com saudadosa, ora, enfática certeza de quem sentiu
que um dia durou um século
um abraço se fez enfinito pelo conforto
e uma vida soprou em um segundo breve...

algumas vezes, nada é preciso pra tanto
basta sentir em verdade, que a fonte da que vos falo
não passa do que a alguns é dito como coração...

e a ele, tudo e qualquer coisa...
faz TODO SENTIDO DO MUNDO'

domingo, 28 de agosto de 2011

ESSA SE CHAMA AMORES

''os amores que vêm e vão
se enrolam, se perdem, se amam
os amores de verão
os amores de eternos minutos
e os amores de incertas vidas; tantas vidas
os amores que amam, e que ferem, e que vivem
os amores de saudade, os amores de sorriso
os amores de criança
os amores de amante, e que gostoso amar
TANTOS AMORES''

sábado, 20 de agosto de 2011

Delírio de um dia de vida

''foram dias e vida' e tempos
onde eu escondi o que mais queria ver
e vi, tanto que esqueci
aquela doce e distorcida saudade
que em infinita amargura me deixou
a ver os dias e a vida e o 'tempo
de um jeito torto e absolutamente igual 
aos delírios que escondi
e a saudade que senti
dos dias que passei...''

VIDA ALHEIA


''eu que vivo em desalinho

com a vida pobre e seca
dessa que julgo ser alheia
desabo em pranto quente
quando em vão tento esquecer
dos lugares esquecidos que esqueci
e das vezes que vivi um pouco de mim
na tola vida alheia e assim um pouco a mais
eu morro então, de secura, e cuidado e loucura
com a mistura de tantas formas, que pouco sei
mais que me deixam alheia a tudo
e pobre e seca... vida alheia''


domingo, 14 de agosto de 2011

Ridícula Saudade

''Já reparou como no fim tudo é mais gostoso?
a última cena do filme
a última bolacha do pacote
o último beijo da noite...
eu reparei que ando sentindo falta
dos lugares que não conheci
das receitas que não aprendi
das bocas que não beijei...
sinto falta de tudo que não gostei
o que não comi, e quem não amei...


e isso faz tanta falta...''



Verde Vital


''...as vezes sinto uma vontade
chega a ser 'necessidade
na verdade quase vital'
de sentir o chão, o cheiro, o gosto'

...as vezes só queria me misturar com tudo
ser uma parte de cada parte


...as vezes só queria um ar puro
um cheiro de água
uma brisa de verde
uma terra bonita...

algumas vezes só queria
sentir que tudo vale a pena...''

sábado, 13 de agosto de 2011

SÓ AS VEZES


venho me esforçando
e estudando uma forma
de aceitar que 
agora tudo mudou

mas as vezes 
'só as vezes'
sinto sua falta
e é como se tudo 
morresse em mim 
é como se tudo 
se entristecesse
e a única coisa 
que ainda sinto
é a falta que você me faz...




D.O.

DETALHES



''As vezes são as pequenas coisas que me intrigam
pequenos detalhes, pequenos pedaços
é uma vida estranhamente pararelela
a tantos sonhos e devaneios, absurdamente comuns a mim
que ligam entre outras, nossa vida cotidiana
e que deixam em seu rastro, os pequenos
incertos, e 'miudos detalhes
São os detalhes
que me fazem pensar diferente
em miudezas carnais, miude amor e semelhantes
são pedaços de dias que passam, a torto
são pinceladas de vida, esbolço de lembrança
são o que chamo de detalhes...

E é o que chamo de detalhe
que faz dessa simplória vida
um mundo diferente...
meu mundo diferente!''

domingo, 24 de julho de 2011

'Em um tempo qualquer
havia um alguém que acreditava
um alguém que sonhou com a vida
e desejou tão profundamente
que sentiu o perfume da vitória.

Em um tempo atrás
alguém ousou dizer: 'EU POSSO'
e com tudo se foi
correndo pela vida, colhendo pedras e frutos
ultrapassando barreiras, contando o tempo
dividindo o dinheiro, vendendo um lanche
acreditando em um sorriso.

Em um tempo de hoje em dia
alguém acreditou no que muitos deixaram passar
alguém confiou no poder da vitória
alguém superou os dias difíceis
alguém dormiu pouco, sofreu muito
alguém pode sonhar...

Em um tempo qualquer
um alguém venceu um obstáculo
e por hora, é a vitória eterna
pois os humildes de coração
percebem que não há objeto de conquista
há um caminho a ser trilhado
e eu conheço um alguém que já deu o primeiro passo.






(Em homenagem a minha amiga Nathalia Castro, que soube acreditar no caminho da vitória)

VIDA


'Essa vida de percalços 
altos e baixos e 'loucuras e doideras
essa vida da gente
vida boa, ligeira que só
vida que ensina, que alegra
vida essa que nos deixa conhecer
viver, sonhar, recordar



vida sem roteiro
de cada esquina, a cada pedaço
de parte em parte nos fazendo assim
um pouco de cada um
uma história de cada vez.'

Eu acredito


''...porque as vezes 
o importante é acreditar
não importa se na 'sorte
no desejo, ou coisa qualquer
as vezes,
o ato de acreditar
seja no que for
já é meio caminho andado.''

sábado, 16 de julho de 2011

Já tive



''Eu já tive certezas eternas
e decepções infinitamente duradouras.
Já tive medo, 
e é o que sinto sempre que lembro de você
Já tive receio e desejo
e quase sempre os dois de uma vez
Já tive remorso, revolta
Já tive dias infinitamente felizes
e noites infernalmente longas
Já tive idéias, tive bons amigos
Já tive livros, desejos' histórias
Já tive você...

e para todos os efeitos
isso deve ser o bastante.''




D.O.

Pequeno GRANDE' coração


É porque talvez o amor
seja grande demais
e não consiga caber
num coração
ele por sua vez
indignado se esconde
nas lembranças
e desejos mais sinceros
e nos deixa a saudade
tão intensa
como a vontade
que um dia
como fim
acabe tudo bem.


D.O.

Nossa viagem...

''Há momentos eternos do tamanho de um segundo
onde percebemos a vontade de ser alguém melhor.
Há lugares que nos inspiram
o desejo imenso de sermos alguém melhor.
Há pessoas que transformam nossas vida para sempre
e nos fazem alguém melhor. Absolutamente.''



D.O.

domingo, 10 de julho de 2011

A chance, o Cravo e a Rosa

'uma nova chance
é o que a gente sempre espera
mais quando o coração tá tão magoado
é difícil acreditar em coisas fáceis,
não que eu não possa esperar
é que não aguento mais sofrer.'


D.O.

PRA SEMPRE

...entre tantas outras coisas
eu queria apenas saber
de onde vêm tanto amor
pra quem sabe assim
descobrir que posso viver sem sentir
essa falta, saudade e loucura
de querer ter você
'PRA SEMPRE'








D.O.

domingo, 3 de julho de 2011

'têm dias que parece que não vou suportar
mais ai o dia acaba
e eu tenho um novo dia
pra viver sem você.'



D.O.

sábado, 25 de junho de 2011

Constatação Benévola

''As vezes eu paro pra pensar
e vejo que é inútil
tantas, tantas' TANTAS tentativas
de enxergar a escuridão, entender o impossível
abraçar o vazio
é inútil, porém
quem foi que disse
que eu deveria entender?


sou teimosa sim, e vivo imaginando
encontrado segredos, vivendo descobertas
dessas que apenas quem se permite sonhar

é capaz de entender.''

certeza?

''a cada novo dia 
reconheço a certeza
desprovida de qualquer opinião
que não foi assim
que desejei tudo.''




D.O.

sábado, 18 de junho de 2011

REVOLTA


''é essa minha revoltinha chulé
totalmente desprovida de conceitos
apenas uma revolta moral
supérflua, ingênua e absolutamente minha.''

domingo, 12 de junho de 2011

desabafo

sempre tive fé.
hoje eu respiro preces
(a todo momento)
eu rezo, oro, imploro a Deus
por um pouco de paz na sua vida
um pouco de luz na sua vida
cada parte de mim chora
quando imagina sua luta
eu vivo em constante oração...
só queria te olhar e saber
que de agora em diante todo mal ficou pra trás
e só haverá tempo de vitórias
eu sofro com você
mas ainda tenho fé por nós dois
e isso que me faz acreditar
que o dia de luz chegará.


D.O.

uma prece

'Meu Deus'
só peço uma meia dúzia de abraços
da terra, do vento e tantos outros milagres
só me deixe olhar o sol
eu só preciso de um pouco de paz
só um pouco de amor Deus


AMÉM!

EU ODEIO

''eu odeio você, e essa coisa toda
eu odeio seu corpo, sua sombra
eu odeio o cheiro do seu cabelo
e suas mão, seus braços
eu odeio suas roupas, e o jeito que você caminha
eu odeio seu sorriso bobo, e odeio muito quando vc está feliz
eu odeio seu olhar, odeio o jeito que você vive
eu odeio sua vida, seus problemas, sua familia
eu odeio sua rua, e odeio todos que te conhecem
eu odeio o jeito que você respira
eu odeio esse mundo, odeio sua existência
eu odeio ter te beijado com nove anos
eu odeio ter feito sua lição, odeio ter falado com você
eu odeio ter te conhecido, e odeio os lugares que vc conheceu
eu odeio o seu abraço, e o jeito que vc faz carinho
eu odeio o dia que fizemos amor
eu odeio sua voz, e odeio seus sussurros
eu odeio sua boca, odeio seu gosto
eu odeio quando você me procura
eu odeio seus recados, suas mensagens
eu odeio quando te vejo, odeio quando te escuto
eu odeio essa cidade, essa pais, esse planeta
eu odeio que você exista nesse mundo
e odeio profundamente te amar tanto assim.''






D.O.

sábado, 11 de junho de 2011

Único caminho

'Mas e quando as grandes vitórias forem árduas na espera
 o sorriso for cinza de um torpor inquientante
quando o coração estiver vazio dele mesmo
e a emoção não passar de algum passado distante
nesse momento só existe um caminho
a FÉ.'


Ao meu amor D.O.

Mistérios


Não perca tempo tentando explicar o inexplicável. Como desenhar em palavras a saudade de um sorriso, o conforto de um abraço, a emoção de um olhar? Algumas pequenas coisas Deus reservou pra serem um mistério, e que assim seja.


sábado, 4 de junho de 2011

Divino SILÊNCIO

quando em um momento
o mundo para por você
para que você possa sentir o silêncio da alma

quando a vida toda
é esguia e rápida
pequena capaz de caber em um suspiro

quando você percebe
que precisa de um pouco de paz
quando o que você é capaz de sentir
é um silêncio abslouto no peito
onde nem tristeza, nem emoção
são donos de nada

são esse momentos que aprendi a respeitar
quando minha vida só precisa 
de um pouco do universo em si


  
e o silêncio é a única lei

NADA

''tratando-se de você
nada é como antes
ao menos, teimo em acreditar 
e ainda acho
que posso seguir
fingindo que está tudo bem.''

Resquício venenoso de uma ilusão ensebada.

Mas se tudo então que restar-te
for a ilusão ensebada
de outrora quase igual
que teima em desaguar de forma qualquer
a vida desregrada, quase imunda
e surreal que assusta teu próprio canto.

E então o que restar-te
for resquício de imune virtude
que em constante mudança
te faça provar do próprio veneno
a que teu sol se orienta
doente por si mesmo.

Mas então se sobrar-te por fim
o fio violado de esperança nenhuma
além da saudade enferma
do que não volta ao final.

domingo, 29 de maio de 2011

o mundo de sempre

e você sabe como são essas coisas
a gente vai e volta
mais o mundo é sempre o mesmo
as pessoas, os defeitos, os amores
[...]


um nego ALÉM



'mais o além está mais perto

do que se imagina
basta olhar em volta
cada pedaço de vida
a folha verde, o sol laranja, o céu azul
o milagre do além
muito além do que nosso
pobre, infermo e delicado entendimento
é capaz de aceitar.'