segunda-feira, 31 de janeiro de 2011

e quando não restar alternativas...


                                                                                                                        
                                                                                                     
   ...SMILE'

Só por acaso






'...porque de vez em quando,
eu só preciso ser assim
do meu jeito,
do meu gosto
da minha vida.'


'de quando em vez,
vez por outra
assim
só por acaso...'

(não é nada, apenas saudades sua D.O.)

 I've been working all day
I've been thinking a lot
I've been doing some things
That are not quite right
I've been thinking about you
I've been thinking about you
When will you return?


[ Renato Russo - MARIANE ]

AMIGO

'Foi esse seu sorriso bobo, o culpado de tudo
ah cretino jeito de olhar, me pego, me jogo
a toda conversa, um abraço um afago
e você nem é meu, nem é gosto, beijo ou toque
você que fica ai, com essa amizade imprestável
que me faz beber loucuras, me tortura
essa mania absurda de sonhar com você
AMIGO, AMIGO
já não sei como, nem quando
mais você fez minha cabeça
definitivamente.'


(Sugerido por: Natália Castro).

Coisas da vida'

'as coisas simples da vida
são as mais gostosas...'
...simples né?

sábado, 29 de janeiro de 2011

o JEITINHO da vida



'Pedaço de mim
carne, osso 
pensamento, nuvem
parte de mim
pêlo e pele.


Pedaço', vez, mão e pé
cabeça virada
olhos e juntas
cada parte...

CADA pedaço de mim
como um simples balão de ar
que sente absolutamente
que anda, e nada, vive e sonha
com a vida assim
do 'jeitinho' que ela é.'

***

'Porque entre mortos e feridos
um coração dormiu magoado.'




Laiane Sena.

ASSIM

'É assim, me bebe com vontade
me puxa, me leva
me deixa de perna bamba

é assim, me olha com vontade
me pega com desejo
me toma cada pedaço
cada centímetro, da minha vida
do meu corpo
do meu SER


é assim que eu quero
me faz viajar no sussurro
morrer sem saber
acaricia minh'alma
beija meu sorriso

é assim...
respire meu prazer
se lambuza dos meus sonhos
e me faz assim...
FELIZ de verdade!

Mais uma NOITE

'Foi mais uma noite
de viver pra sempre uma música


sorrir pra sempre uma canção
dançar pra sempre um amigo



foi só mais uma noite
de ser feliz de vez em quando
contar historias, beber a vida
sonhar os sonhos

foi só mais uma noite
que você se deu por inteiro
amou pra sempre
jurou não esqueçer
prometeu ligar
pensou estar feliz

mais uma noite que acabou
como todas as outras
com o vazio do talvez
e o frio da certeza
que foi apenas mais uma noite.'

terça-feira, 25 de janeiro de 2011

São as macaquices'




Ingênua e cretina vontade 
de ser que não sou
o que não penso
o que não sei.


Ridícula idéia de fingir
que conheço 
que gosto
que esqueço


Pegue suas coisas, sonhos
pegue seu guarda-chuva
pegue sua vida
e seje imprestável 
em outro lugar!

segunda-feira, 24 de janeiro de 2011

Na velha mala amor


‘Então faça isso
segure a velha mala, 
com os inocentes sonhos
e a deixe
 em uma esquina qualquer.

não precisa olhar
 pra trás
em algum momento, 
você irá se perguntar
onde foram parar os desejos, 
os abraços
e eu te direi: 
- Na velha mala amor.
onde sufocada 
morreu nossa história. ’

Eu não sei como se faz

É viver que você quer?
sai de casa após uma briga qualquer
ligue para o primeiro número da sua agenda
e chore.

vire a esquina, acenda um cigarro e diga um palavrão,
encontre amigos e finja que está tudo bem
vá a um lugar qualquer,
qualquer que te faça dizer: -'Ah velho, eu quero que se foda!


volte pra casa com medo, abra a porta devagar
escute a bronca, imaginando o quanto você precisa disso
se esse não for o caso, ouça assim mesmo
vá para a cama, com o cretino meio-sorriso
que imbeciomente você acredita que te faz melhor.


Mais quer saber?
não era viver que você queria?
então não siga a receita, não veja o rótulo
faça assim, do jeito que te cair melhor

se é viver que você quer
pare de ser tão inutilmente correto
você não é nada além de um suspiro de Deus
você não é nada
NADA em que você não possa acreditar

Se é viver que você quer
desculpa, mais eu não sei como se faz.'

Ei tempo, vai devagar cara.

‘Foi-se o tempo
tempo de correr, de sorrir e lambuzar
a cara de vergonha, de alegria, de desejo

foi o dia
em que tudo era consertável,]
ajustável, imprevisível
o dia de brigar pra sempre, 
e ficar de bem pro resto da vida


o tempo de chorar de rir
o tempo de amar, de errar
o tempo de ser feliz [...]

ele é ingrato com os que esperam
e absolutamente certo,
aos que o têm o poder mágico
de fingir que entendem...


QUE O TEMPO não têm tempo pra isso.’

domingo, 23 de janeiro de 2011

No meu coração

'Foi no coração
o mais inacessível é decididamente frágil lugar
foi aqui
no coração

onde te encontrei
onde te desejei
onde dormi e acordei nossos sonhos
onde percebi que te perdi
onde ainda bate uma saudade

foi aqui
no meu coração.'

'de quando em quando.'

'eu sonhei
 que já viva no tempo de outrora
onde você sequer existiu, se extinguiu, se esvaiu
por cada centímetro de mim

eu sonhei em um mundo onde você
foi apenas uma virgula, o sopro da mínima vontade
o sonho do menor suspiro

eu sonhei contigo
ah, como sonhei
que podia te encontrar
que podia te esquecer
que podia sonhar com você
 

eu sonhei o sonho impuro de uma pagão
de devaneio em devaneio te possuía enfim
de carne e alma, vez em vez
de quando em quando...'

Essa se chama 'VONTADES'


'Ai que vontade de não sei oquê'
não sei com quem, não sei como
vontade de não sei porque, não sei por onde
vontade que vêm e vai
vontade que não some
vontade que não se realiza...'

sexta-feira, 21 de janeiro de 2011

O Marciano na terra do 'Amém'

Ah se você soubesse'
quantas e quantas vezes eu viajei na maionese
comi nos melhores lugares, viajei com os melhores amigos
dançei, fugi, sorri', fui e voltei

Ah se você soubesse...
brincadeira de criança, inventei tantas coisas
eu gritei, pulei... aaaaahhhhh se você soubesse

Você como a maioria
é apenas mais um...
ao menos faça o que eu fiz,
'INVENTE SUAS HISTÓRIAS'

Você como a maioria
é apenas um E.T. no meio desse lugar insano
onde a maioria como você, só sabe dizer AMÉM!


O que eu aprendi

O que eu aprendi, é fácil de sentir... complicadíssimo de explicar
foram as lágrimas, palavras, abraços, tropeços e sorrisos
professores da vida...

O que eu aprendi, é absurdamente simples
faça amor não faça guerra'
pense positivo, sorria e chore com mais sinceridade
sinta, fale, ouça... ame

O que eu aprendi, é que não é fácil aprender assim
mais é exatamente onde se procurando as respostas
que surgem as mais importantes perguntas...

O que eu aprendi não importa
o que eu sou, fiz, ou posso ser na vida de alguém
é que realmente faz sentido!

Foi o que eu aprendi.

quarta-feira, 19 de janeiro de 2011

Pense, ouça, viva'

'Não basta dizer, é preciso demonstrar.
Não basta julgar, é preciso entender.
Não basta falar, é necessário ouvir.
Definitivamente, não basta existir, é preciso VIVER'

sábado, 15 de janeiro de 2011

EU

Eu nasci, cresci, briguei, chorei
Eu fui criança e ainda sou, 
aprendi a ler, e a brincar
Eu tomei remédio, fiquei doente, 
fiquei com manha, levei cintada,
Eu dei tanta risada, eu beijei na boca, 
eu contei segredos...
Eu senti medo, eu sonhei, 
tive pesadelos e acordei
Eu sai na chuva, sai no sol, pisei na terra...
Eu esperei tanto por uma viajem, 
desejei um tênis novo, 
cantarolei Legião Urbana
Eu vi um filme, fiz um chá, 
comi tanto chocolate até ficar enjoada...
Eu fui pra escola, fiz amigos, fiz uma vida...
Eu me apaixonei, senti a barriga gelar, 
sentir as pernas tremerem...
Eu beijei do jeito mais sincero, 
eu me entreguei do jeito mais quente...
Eu sonhei, viajei na maionese, 
fiz planos, inventei loucuras...
Eu ouvi, e vivi a verdade
Eu perdi um grande amor, 
eu calei, eu chorei...
Eu senti o mundo perder a cor, 
o ar perder o sentido, 
a vida perder a graça
Eu vi meu coração machucado, 
meus olhos molhados, 
eu senti meu corpo desfalecer...
Eu entendi uma porção de coisas, 
eu li livros, eu vi pessoas...
Eu senti que talvez não fosse pra sempre, 
eu me enganei, eu orei...
Eu vi e revivi nossa historia em pensamento, 
eu senti sua falta, 
eu senti sua presença
Eu ouvi sua voz, eu desejei seu corpo, 
eu vivi sua vida...
Eu te perdi, eu não tive forças...
Eu hoje penso, falo, sinto, 
rio e choro, vejo e danço...
Eu leio, saio, oro, 
corro e ouço... eu mudei
Eu sou alguém...
Eu sou alguém.

'Mente, Corpo, Alma e Coração'

Eu queria pegar meu coração, e pica-lo em pedacinhos
pegar uma régua e demarcar, deixando assim um décimo pro lugar dos sentimentos
nele deixaria apenas a função de bombear sangue...


Eu queria demitir meu olhos, 
por viverem procurando sua imagem
em toda e qualquer esquina, 
arregalados te buscando em todo canto
neles eu deixaria a função de controlar as lágrimas, olhar a frente...


Se eu pudesse entraria em minhas memórias,
faria uma limpeza
arquivaria de vez sua presença na minha história,
poderia deixar nosso primeiro beijo,
naquele dia quando eu era mais alta que você
naquele tempo, que ser criança era o principal...


Se eu pudesse fazer tudo isso, saberia que teria o poder de te trazer de volta
e isso eu não quero, isso eu não PRECISO amor...

Apenas mais uma história

Houve um tempo que se podia ouvir o sangrar de corações,
nesse tempo eu parecia não tocar os pés nos chão, foi um tempo de amargura...
Foi o jeito que encontrei, atraves dos sentimentos que se escondem nas palavras, 
e das palavras que camuflam todo amor, que te fiz chegar mais parto... 
Ouve o tempo em que sorri aquele sorriso mais cinzento, 
em que meus olhos reconheciam automaticamente os movimentos, 
eu vivia um paralelo entre o mundo real, e o peso da saudade...
O tempo duramente passou, e aqui estou eu, um pouco cansada, mais plenamente decidida... 
a não deixar de amar na primeira oportunidade, porque o tempo é o reverso da esperança, 
quando mais se têm mais se perde... 
Não aguentaria te perder de novo, por isso abri mão de você, 
e soube então que essa foi a coisa mais humana que consegui fazer em toda a vida... 
um dia você vai descobrir que me perdeu pra sempre, 
e eu serei apenas um alguém com uma história pra contar!

quarta-feira, 5 de janeiro de 2011

Cuida de mim

Você pode não ser o único, tão pouco o ultimo
mais sem dúvida será o verdadeiro.
Você pode não ser perfeito, não ser poderoso
mais têm uma tremendo poder de me fazer perder o chão.
Você com certeza não é o melhor, mais educado, mais compreensivo ou mais inteligente
mais eu sei que é o mais capaz de me fazer sentir assim...


Você agora é apenas uma fantasia, entre outras que teimam em reinar em meu coração
Você é o fantasma da lembrança, o sopro da esperança, a saudade da infância...


Você é o cara que me enlouqueçeu, que me fez chorar e sorrir, as vezes os dois ao mesmo tempo
Você é o garoto que me apaixonei na escola, o cara do primeiro beijo, o homem que me fez desejar ser mulher.


Hoje, você não é nada além de lembranças, algumas vezes meia duzia de palavras, meia duzia de e-mails, meia duzia de lágrimas...
Hoje você é a saudade, e a certeza que assim foi melhor...


Meu mundo já não é o mesmo
Só queria que cuidasse de mim, ai no seu coração
que eu te prometo que cuido de você, aqui onde você sempre esteve
e jamais irá sair!

terça-feira, 4 de janeiro de 2011

Algo diferente

Pra dizer a verdade, hoje estou meio sem ideias, parece que hoje foi apenas mais um dia.
Apenas mais um dia, que espero algo revolucionário acontecer, um dia que vai chegando ao fim, com um Q' a menos... É ridículo a forma tão humanamente hostil, que temos de achar que a vida só vale quando temos surpresas, ganhamos algo, conquistamos um trabalho um amor, somos surpreendidos, agraciados... É extremamente egoísta de nossa parte achar que o mundo vai ser melhor, se seu dia for melhor...
Ao invés de reclamar pelo tédio do dia-a-dia, converse consigo mesmo, descubra, pergunte, invente!
Como já disse o poeta, 'SE VOCÊ QUER QUE ALGO DIFERENTE, ACONTEÇA EM SUA VIDA, FAÇA ALGO QUE NUNCA FEZ' filosófico, sim... verdadeiro, demais!
É inútil tentar descobrir fora, o que você não é capaz de enxergar dentro de sim mesmo, toda mudança começa de dentro, você pode começar agora, basta você querer...

segunda-feira, 3 de janeiro de 2011

Por aqui



2011!
Na virada, fiz uma balanço geral.
Senti um arrepio, senti raiva, na maior parte do tempo alegria, senti saudades, senti esperança
Senti o ar divino enchendo meus pulmões, fiz uma preçe, pedi proteção, rezei e agradeçi
Senti que Deus me ouviu, senti que apesar dos dramas e comédias, o mundo continua o mesmo
Senti que não posso mudar o que me aflige, mais entendi que posso fazer da falta, um objeto de valor
pois é na ausência de quem foi um anjo, que aprendi a olhar pra dentro de mim mesma...
Senti no fim dos 10 minutos de queima de fogos, que o amor é mais abstrato do quem todos imaginam
porque ele nasce de onde menos esperamos, aprendi a perdoar, e senti que por aqui
tudo pode mudar!

domingo, 2 de janeiro de 2011

Aquele dia


(18.12.2010)


Juro que aprendi que devemos perdoar,                                                     esquecer as feridas, não viver do passado
Mais não vejo a hora, daquele dia chegar
O dia que você vai olhar pra atrás e chorar por simplesmente perceber
Que já não me encontro a te esperar.
Não vejo a hora de te ver me pedindo perdão, te escutar em mil disculpas
Olhar o arrependimento no seu olhar mais negro,                                                ver que seu sorriso me deseja
Perceber que seu corpo me deseja, te sentir implorando por um beijo meu
E nessa hora, simplismente dizer: ‘NÃO TE AMO MAIS’
Por enquanto isso é apenas um plano, e dificilmente acontecerá
Mais já me alivia a sensação de poder sonhar com esse dia
Já que cada vez mais, você é apenas a lembrança do que foi um amor...
 

Admirável coração novo

(13.11.2010)


Com o passar do tempo,
 percebemos a evolução mínima de nossas ideias, ações e sentimentos.
Com você aprendi que se existe uma hora de aprender,
 é quando definitivamente, tudo está a nosso desfavor.
Aprendi, que não posso exigir o amor de ninguém, 
por simples promessas e sorrisos... as pessoas mudam...
Aprendi que nunca é tarde pra tentar novamente, 
é nem pra se arrepender de tantas tentativas, não digo que me arrependo,
 só gostaria de ter um pouco mais de zelo pelo meu coração, que já se machucou tanto por causa de gente... 
Aprendi afinal, que é valor dos sentimentos não está no quanto você pode esperar de alguém,
 mais o quanto você pode se doar... mesmo sabendo que nunca terá volta...